1 MILLION!


1.000.000 de views, segundo o Google!
Ainda não acredito, para ser sincera, mas... OBRIGADO!!!

Shopping Mood


Sobre o amarelo já falei (e bastante), o preto-cinza-branco idem. Então hoje decidi deixar dois outros detalhes que fazem as minhas delícias:

Estampados | Florais, étnicos, em cores vivas ou mais escuras - desde que criem impacto visual, mas sejam num modelo de linhas simples, it's fine by me!

Ripped Jeans | Bem, já se sabe que calças são a minha recente crush. As minhas preferências vão para modelos Céline-inspired wide leg (ainda não experimentei nenhumas, mas adoro o modelo). Mas em jeans (os eternos) só tenho olhos para boyfriend jeans - e se tiverem rasgões a crush aumenta exponencialmente!!

É Domingo...

Mas sem problemas... Terça é feriado! YEAH

E o mood para ambos é mais ou menos isto:


It's Friday...

And i'm in LOVE!

Bomber padrão floral @ Trafaluc

Perfect white! (and yellow, and black)

Desde o momento em que vi a Cátia com esta saia, não descansei! E foi justamente graças à Cátia que a saia, da H&M Trend, já mora cá em casa. É perfeita - branca, clean, e tem uma assimetria minimalista (assim no cabide parece tão quadradona, mas assenta que nem uma luva)! É perfeita. Aliás, este género de assimetria (direita, discreta) é a única suportável para mim neste momento. Que me perdoem as amantes do modelo mullet (com o qual simpatizei de inicio), mas além de banal acho tão deselegante... Enfim, um #not (para mim).

Quando aos complementos, uma das melhores aquisições de saldos de sempre - a shopper lima, e outra recém compra (que também já mostrei por aqui, mas não me canso deles) - os pumps da Traf. Estes últimos já estão um pouco por todo o lado, mas compreende-se - básicos, excelente qualidade-preço, e com o detalhe da pulseirinha. Aquisições perfeitas, e que vão ter muito uso...


Columbine VS Carrie

Quem passa por aqui com frequência já deve ter reparado que se têm dado algumas mudanças nas minhas preferências a nível de roupa/acessórios. Ando numa fase absolutamente despojada (se me faço entender): a única cor que entra é amarelo (às vezes um pouco de rosa), ando quase sempre de calças, zero laços (lacinhos, laçarotes, ....), quase zero em acessórios.

Quase se pode dizer, não me comparando a nenhuma das duas (claro!), que fui de Carrie [no sentido: acessórios, cores, vestidos] a Columbine [essa grande musa da blogosfera sueca 'i dont care']! I care, i really do, mas... Não gosto que 'se note'. Ando com uma aversão gigante a visuais cuidados, combinados, cheios de mimimi!

E vocês? Com o que se identificam mais? #teamColumbine ou #teamCarrie?


WANT: Duos mágicos!

Entre a maquilhagem, outro do meus vícios são blush e - principalmente - iluminadores. Adoro iluminadores (nunca pensei, porque tinha aquela linha de pensamento iluminador = aspecto oleoso), e é a parte mais divertida da maquilhagem, principalmente porque ainda estou a descobrir todo este mundo (post para breve com os meus, prometo).

Na wl (depois destes 4 produtos da marca) estão dois duo - um de blush-highligting (ambos em pó), e um de dois tons de multiple. São caros (no site estão a €40), mas acho que valem bem o investimento.



O giveaway das Boyfriend da Salsa está terminado! Obrigado a todas as meninas que participaram :) As duas vencedoras serão contactadas por email.

Lipstick jungle

Quem passa por aqui com frequência já deve ter percebido que o meu maior vício em maquilhagem são os batons - mesmo que só use nude no dia-a-dia, sou completamente viciada em todo o tipo de batons: vermelhos, rosas, laranja, ou cor-de-vinho! Gosto de experimentar todo o tipo, mas os meus preferidos são matte - cores fortes, sem brilho.

Ao longo de dois anos (faz agora dois anos que comprei o meu primeiro batom a sério - o Viva Glam da Lady Gaga, na MAC) considero que já detenho uma colecção razoável. E quando não souberem o que me oferecer, dirijam-se à Sephora/MAC mais próxima e escolham à sorte - de certeza que vou gostar!



The Fashion Issue


Ontem revi o documentário The September Issue. Gosto bastante, achei a ideia muito boa (se conhecerem mais documentários do género deixem em comentários ou por email) - sou muito mais fascinada pelo que está atrás dos "holofotes", principalmente na moda (já aqui contei várias vezes que o que mais gosto nesta área é a parte sociológica, que muitas vezes abordo por aqui).

Esse meu interesse por sociologia, e o facto de viver num 'meio pequeno', explicam parte do meu fascínio pelo primeiro minuto deste documentário. A reacção das pessoas em relação à moda (indústria, personalidades, roupas, acessórios) é, quase sempre, entre dois extremos: o gozo/sátira ou a paixão/fascínio - raramente há indiferença. E eu acho isso simplesmente fascinante.

Acessórios neon

Hoje estive a dar uma volta pelas lojas online, e não resisti a partilhar com vocês dois acessórios da Pull&Bear que me prenderam a atenção. Quero ver se dou um olho nas pulseiras (que ainda são dos poucos acessórios que uso com frequência), e o fio (que está disponível em três cores)... We'll see, we'll see!


XFav's: Oysho

Infelizmente não pude estar presente na apresentação da colecção de banho da Oysho. #malditagripe Além de já ter sido informada que foi uma apresentação giríssima, o interesse era mesmo pessoal - afinal eu só compro bikinis na Oysho. lol É daquelas coisas. Este ano vou abrir uma excepção para a H&M (estou apaixonada por um conjunto de lá), mas de resto... Sítio do costume.

Mais para mais, o ano passado não comprei nenhum bikini - e, acreditem, estou mesmo a precisar de beachwear (não só de bikinis). #viverjuntoapraia Aqui ficam alguns dos meus preferidos da colecção:




Hum... Retiro o que disse sobre estampados hippies!

Trafaluc

Eu não imponho regras a mim mesma no que toca a vestir. Não acredito que certas cores não favoreçam, certos modelos, etc. Experimento sempre!! Regras são chatas, e roupa/moda/maquilhagem são na minha parte de descontracção e, acima de tudo, diversão.

Nunca tinha gostado de um estampado hippie-inspired antes. Mas deste gosto, e muito! Um toque de cor numa fase tão mono cromática.

#10 coisas a fazer sozinha!

Em continuação do post Eu e... Viajar (estar) sozinha muitas pessoas acharam que a questão era apenas focada no viajar sozinha. Não era, mas dei foco à experiência em que mais valorizei o prazer de estar sozinha (e a aventura, claro). Mas o gostar de estar sozinha sente-se bem nas pequenas coisas do dia-a-dia. Escolhi 10:

#1 Ver Gossip Girl (ou qualquer outra série não cómica) - só vejo mesmo sozinha.

#2 Ir às compras para desanuviar - se a ideia é desanuviar das coisas, para quê levar alguém a sarnar?

#3 Ler revistas na sala, com os pés (sem sapatos, claro) em cima da mesa - não é tanto o gostar (se bem que adoro), mas sim o não poder ser apanhada a fazer tal coisa.

#4 Estar sentada no alpendre ao sol (a dar festinhas na minha cadela) - silêncio absoluto, só eu e a minha bebé e muitos, muitos mimos.

#5 Dançar - Volta e meia dá-me aqueles ataques de maluquice (quem não os tem?!) e apetece-me dançar com música muito alta! Ultimamente gosto de treinar um pouco de Zumba (l-o-l).


#6 Ver blogs - Esta parte nem preciso de justificar por aqui. Its our thing!

#7 Arrumar - Eu adoro arrumar o quarto, o guarda-roupa, a sapateira, as malas... Todas essas coisas boas. Mas não gosto de ter ninguém por perto (até porque pode interromper a meio, e normalmente tem mau aspecto)

#8 Maquilhagem - É daqueles prazeres que (quando tenho tempo, claro) gosto de demorar bastante, fazer com calma, e sem interrupções. Mais uma vez, no silêncio absoluto (ou ao som de uma música cheia de power, vá). E por maquilhagem entenda-se também dia de beauté: depilação, manicure, máscaras, etc.

#9 Tomar o pequeno almoço - Não tenho mau acordar, mas gosto de acordar ao meu ritmo. E isso inclui a primeira refeição do dia.

#10 Cozinhar - Principalmente doces. Gosto de estar na minha, a inventar e a deliciar-me com 'as raspas do tacho' ahah

Desafio: Enumerem as vossas #10!


Já agora, não se esqueçam de participar no giveaway de dois pares de jeans Boyfriend, da Salsa. E boa sorte! :)

Hair Fav's #2


Hoje a parte mais divertida! Ora, entre os favoritos para tratamento e penteados, temos:




Elnett, L'Oréal | Uso desde pequena, pois roubava à minha mãe e à minha avó, naqueles momentos de pirua pequena. Não há igual! E como tem vários tipos, podem sempre escolher o que mais se adequa às vossas necessidades.

Expert Protection 180º, Franck Provost | É um spray para proteger o cabelo de temperaturas muito altas (babyliss). Como uso placa todos os dias, não resisti a comprar, e estou muito satisfeita. É muito leve, e bastam umas borrifadas - ou seja, o frasco dura horrores!

Elvive Arginina Resist, L'Oréal | Metade do meu cabelo está em fase de crescimento (tipo, quando puxamos uma mecha de cabelo estão carradas de cabelos com 5/10 cm), algo que me irritava um pouco. Assim que recebi esta linha, não hesitei em colocar este spray em funcionamento de imediato (depois do banho, com o cabelo molhado). Até agora (acho que passaram duas semanas), estou a gostar bastante da sensação com que fico depois de secar, mas volto a falar nisto quando terminar o frasco.

Shine-Shake Matrix, Biolage | Outro spray, também para usar depois do banho (também para cabelos pintados, mas - acreditem - faz efeito nos naturais). Às vezes, quando sinto o cabelo mais baço, aplico-o (com o cabelo seco ou molhado) e quando seco sinto-o bem mais vivo e brilhante.

Gliss Total Repair , Schwarzkopf | Este foi outro daqueles que vi no supermercado e tive que trazer para experimentar. Na altura que tinha o cabelo muito comprido, tinha que ter imenso cuidado com as pontas - aplicava este creme depois do banho (apenas nas pontas), e achei muito bom mesmo. Para uso diário não dura muito, muito tempo, mas sinceramente para quem tem o cabelo comprido e não quer ver as pontas estragadas compensa bastante.

Gliss Serum Anti-Frizz, Schwarzkopf - De todos os produtos este é o mais antigo (excepto Elnett e Pantene Purificante), e é o meu óleo de eleição quando quero o meu cabelo liso-liso (aquele liso absoluto, que dura e dura). Além de que não deixa o cabelo minimamente oleoso, e sinto que protege bastante do uso da placa.

[Mythic Oil teve post próprio, aqui]

Depois temos os meus acessórios preferidos: Escova Sephora (falei aqui, e continuo muito satisfeita), ganchos são mesmo do Chinês (bem melhores que quaisquer outros que já experimentei. Além que são os mais baratos os que têm uma cor mais natural), os elásticos são da Primark (não duram muito, mas gosto bastante dos mais grossos para o dia-a-dia, e dos mais finos para ajudar com coques), argola dourada (já mostrei aqui) e flor, ambos da H&M, e ainda os dois 'donuts' para o coque rosquinha - o maior (e mais claro) é da Claire's e o mais pequeno é da H&M.

Eu e... Tie Dye Jeans!

A princípio o assunto 'Tie Dye' era para constar na rubrica #Das Coisas Que Eu Não Gosto mas eis que percebo... Embora não goste ao ponto de comprar, dizer que não gosto no geral seria errado.

Ok, não gosto (nunca gostei, e penso que nunca vou gostar) da versão 'hippie' do tie dye: aqueles tecidos laranja ou rosa forte (ou pior, vários tons!!!) com manchas e manchas gigantes - isso não! Aliás, tie dye só mesmo em modo monocromático. Por muito que eu seja fascinada com todo o movimento hippie, posso afirmar que 'esses' anos 70 só me deixaram duas heranças: plataformas e as calças à boca de sino (ou, como se diz agora, flare ou boot cut jeans - wtv!).

In: Mulher de Corpo e Alma


Mas no que toca à ganga, embora tenha torcido o nariz ao ínicio desta estação, não posso dizer que não gosto... Simplesmente as calças iriam fazer-me mais gorda, e a camisa ficará para uma outra oportunidade (saldos?!). É daquelas coisas que achamos giras e tal, mas ficam sempre melhor nos outros...


Andy na Zara People!

In: Armario de Madmoiselle


NOTA: Coloquei ontem novas peças para venda na página de Facebook do blog. Espreitem :)

My favorite snack!

E também o o mais calórico: Panquecas com Nutella! E, como era dia de festa (não bem o motivo, mas pronto), juntaram-se morangos e chocolate chips à festa. Foi uma tarde bem passada, com o Harry Potter como pano de fundo. Fome para o jantar é que nem vê-la...



Hair Fav's #1

Finalmente este post. Já está pensado há tanto tempo que a maior parte dos produtos já mudou... Eu sou uma verdadeira 'experimentalista' no que toca a produtos de cabelo, sendo que a única coisa que não muda há anos é o shampoo (o único com que me dei bem ao longo dos anos) e a laca (que é herança, literalmente).

Já há muitos anos que lavo-seco-passo placa numa base quase diária (5x por semana, vá). Então, desde muito nova que exploro bem todos os produtos que possam atenuar as consequências de tanta lavagem-secagem - e evitem visitas ao cabeleireiro para cortar pontas (detesto). Por isso não achem estranho tanto produto - alguns foram oferecidos para experimentar, mas as opiniões são todas sinceras (e todos foram devidamente usados).


Eu tenho uma teoria no que toca a produtos de cabelo: ignorar as tipologias, e prestar atenção aos benefícios. Sendo que a minha mãe e irmã pintam o cabelo, desde cedo descobri que estes são os mais hidratantes (o Pantene Purificante seca imenso o cabelo), por isso condicionador e máscaras volta e meia são para cabelos pintados. Esta linha da Inoa é a melhor que já experimentei até hoje - deixa o cabelo super macio e brilhante (por ser da linha L'Oréal Profissionnel, está disponível apenas em cabeleireiros).

O Bain Exfoliant Purificant, da Kérastase, vem em dois tipos - para raízes oleosas e raízes secas, e serve para 'limpar, hidratar e renovar o couro cabeludo'. Com tantos produtos que aplico, a minha cabeleireira já me tinha aconselhado a fazer algo do género (porque mesmo só aplicando a maior parte nas pontas, há sempre restos de champoo e de sujidade). Existem várias maneiras de fazer este tratamento (no cabeleireiro, em 15 ou 30 dias), mas eu tenho usado uma vez por semana, antes do champoo normal.

Quanto à linha Cristalliste, também da Kérastase, utilizo uma ou duas vezes por semana o champoo e condicionador. A minha cabeleireira disse que, apesar de ter o cabelo oleoso, devia alternar o uso do Purificante com outro tipo de champoo - algo mais hidratante. Como recebi estes dois produtos para experimentar, próprios para cabelo jovem (e a tudo a que o sujeitamos), coloquei na necessaire do ginásio e tenho usado quando tomo banho lá. Deixam o cabelo muito leve e brilhante (no bom óptimo sentido).

Amanhã sai a parte#2!

GIVEAWAY: SALSA BOYFRIEND JEANS

Pois é, pela segunda vez a SALSA junta-se ao XANALICIOUS para oferecer uns jeans Boyfriend a DUAS leitoras do blog.

A Salsa, marca portuguesa de jeanswear, apresenta Boyfriend, o seu mais recente fit. Inspirado num corte masculino, descontraído e muito confortável, a equipa de I&D da Salsa desenvolveu estes jeans que, mantendo o conceito boyfriend, respeitam o corpo feminino. 

Reafirmando uma vez mais o trabalho inovador que a Salsa desenvolve na área de jeanswear, Boyfriend permite criar os mais diversos looks e combinações com inúmeras peças e acessórios, tornando-se num fit muito versátil, que não renuncia ao conforto e não esquece a sensualidade da silhueta feminina.


Para as fãs de um look cool e boyish, e admiradoras de fits largos e descontraídos, a SALSA, tem para oferecer uns jeans Boyfriend a duas leitoras do blog. Para se habilitarem a receber em casa estes novos jeans, só precisam ser criativas e compor, através de colagem, um total look Salsa que integre os novos jeans Boyfriend.


Sendo que o giveaway é em conjunto com o blog, precisam também de seguir o blog - ou pelo Google Friend Connect ou através do Facebook.

Enviem os vossos looks para o labelsloveandgossipgirl@gmail.com, com nome (e nome de seguidor) e morada completa, até ao próximo dia 24 DE ABRIL (Terça-Feira). Os autores dos dois looks mais originais receberão os novos jeans Boyfriend da Salsa.

(publipost)

Shopping Abril

Este fds, como já partilhei no Facebook, dei uma arrumação valente no quarto mas - por ter tornado um hábito mensal e porque tenho comprado muito menos que o habitual (yay) - não ficou quase nada de fora. Finalmente sinto o meu guarda-roupa perfeito (à minha imagem/gosto/dia-a-dia), mas isso não impede que sonhe com novas peças (old habits die hard, i guess). Estas são as do momento:


1 Boyfriend, Salsa | O par de jeans perfeitos, sendo que eu agora ando 80% do tempo com calças vinham mesmo a calhar.

2 Tank, Zara | Um modelo super sporty, numa cor gírissima (ando um pouco reduzida a amarelo, por isso era giro mudar um pouco).

3 Saia com franjas, Zara | Adorei o modelo - básico qb (por ser preto e a direito), mas o detalhe das franjas faz toda a diferença (e não me parece que faça volume desnecessário). Já imaginei mil combinações, e o preço é amiguinho da carteira.

4 'As' sandálias, Zara | São perfeitas, e são amarelas. E não vos massacro mais com elas, só quando as tiver cá em casa.

5 Rouge Pour Couture #40, YSL | Estou completamente fixada neste batom da colecção de Verão da YSL, acho que é um tom perfeito entre o rosa e o vermelho. Não vejo a hora que chegue às lojas!!

Review: família NARS

O vício em beleza foi algo que me apanhou meio desprevenida, porque sempre fui super desligada de assuntos relacionados com maquilhagem, cremes, cuidados variados, e afins. As únicas excepções estão relacionadas com cabelo e com cuidados com a pele (como já disse, tive acne e ganhei o hábito). Mas eis que descubro esse grande vício que é o mundo da beleza e, principalmente, o vício da maquilhagem. Ao longo desta jornada tenho feito descobertas (adoro!) e uma das principais é sem dúvida a NARS.

Já há muito que estava desejosa de explorar esta marca, algo que é difícil de fazer porque a marca não está à venda em Portugal (que eu saiba, a única maneira de comprar é pelo site da marca, que entrega cá). Quando fui a Madrid, em Junho passado, levava na cabeça que tinha que passar no El Corte Inglés para escolher (achava eu) um blush em pó. Como já tinha noção que tinha que aproveitar a oportunidade, reservei previamente parte do orçamento para o corner NARS.

O resultado foi o meu primeiro blush em creme, e ainda um batom semi-matte. A satisfação foi imediata, e foi sempre aumentando com o uso. Quando fui de viagem, em Fevereiro, fiz uma pesquisa online sobre pontos de venda em Andorra, mas toda a info que encontrei indicava que não ia encontrar a marca por lá - conclusão, nas últimas horas do último dia, encontrei um corner e consegui o meu grande batom-desejo (no que toca a NARS), o Schiap. Nessa mesma ocasião fiquei de olho no The Multiple no tom Copacabana (mega-queridinho da Vic Ceridono), desejo que ficou satisfeito com a viagem de uma amiga a NYC (e 10€ mais barato eheh).

Sem mais blá-blá, deixo-vos umas fotos (e o mais próximo que consegui de uma swatch), e uma pequena review de cada.


Swatch feita pela mesma ordem da primeira imagem. O Penny Lane está um pouco esbatido, e o Copacabana está  esbatido em cima e normal em baixo (para terem noção do tom, e como fica quando espalhamos um pouco).

#Heat Wave e #Schiap | Ambos são Semi-Matte, e adoro a textura para cores fortes - a cor fica matte (sem brilho), mas ao mesmo tempo não acho nada secos (como, por exemplo, o Ruby Woo da Mac, que chega a ser incómodo). A duração é óptima (das melhores, mas isso depende de pessoa para pessoa), e as cores são lindíssimas. Adoro este tom vermelho um pouco alaranjado do HW, e tom perfeito de rosa vivo do Schiap - ambos foram exactamente ao encontro do que procurava.

#Penny Lane | À primeira vista não gostei do famoso #Orgasm, e por isso decidi procurar algo que já queria há muito - um blush em tons de pele. Gosto imenso da sensação pois, à semelhança do que expliquei com os batons, é baço mas não seca minimamente a pele (mas também não dá aspecto oleoso). A durabilidade é bastante satisfatória (no meu caso, é um dos que mais aguenta).


The Multiple #Copacabana | O uso ainda não foi muito (porque o recebi há dias), mas até agora estou a adorar - não só porque é exactamente como esperava (pelos vídeos da Vic), mas porque estou a usá-lo de diferentes maneiras (antes da base, depois da base, a iluminar nariz, olhos, etc). O tom é excepcional (espero que consigam ter uma ideia pela swatch), e acho que vai bem com a maior parte dos tons de pele (principalmente os mais claros).

Animal print

Entre um género e outro, para mim não há nada como o estampado animal. Está sempre presente aqui por casa, e acho que nunca me desfiz de nenhuma peça - suponho que o segredo esteja em apostar em modelos simples. Camisas, cardigans, flats, até mesmo um vestido... Mas a minha grande queda [surpresa das surpresas] são clutchs. Ao longo dos anos fui 'investindo' em malas de mão (só gosto em pequenas malas de mão, maiores passam-me completamente ao lado) nos três padrões de animal que mais gosto: leopard, snake e croco.

Tendo escolhido em tons neutros, farto-me de as usar (incluindo com outros padrões), mesmo no dia a dia.


Beauté basics - Unhas

Eu penso, tendo em conta aquilo que observo, que muitas mulheres pensam que ter as unhas arranjadas é apenas pintar as unhas. Sem julgamentos, eu já fui uma dessas pessoas.

Pouco a pouco fui aprendendo que além do verniz, há todo um mundo de cuidados para que as unhas estejam bonitas e apresentáveis: um bom creme de mãos (o meu não está aí, mas uso este da Eucerin), retirar/hidratar as cutículas (uso o Bepantene, e o tira-cutículas é da farmácia - não sei a marca), e ainda a base antes do verniz (uso este 'hidratante' para homem da Risqué, e é do melhor). Não esquecendo, claro, de cortar e limar decentemente - já não suporto unhas grandes, as minhas agora andam pelo limite do dedo, ou um pouco maiores que isso (muito pouco). Esta lima da Sephora comprei em Paris (depois de ter ficado com a minha lima de sempre no aeroporto, porque tinha-a dentro da mala de mão -.-), e continua como nova, quase dois anos (e muitas unhas) depois - recomenda-se.

Outro ponto essencial é o removedor de verniz - uso estes dois da Sephora (normal para pés e cotonetes, e o Express) e estou muito satisfeita. Não são os mais baratos no mercado, mas são os com melhor qualidade preço - duram imenso e noto que não secam/mancham as unhas.




Black Skirt

Já tinha dito por aqui que queria uma saia preta básica (a direito, curta qb) e, finalmente, a Zara fez-me a vontade! #maravilha


Hoje vou ao cinema (sim, American Pie!) e vou tentar dar 'um saltinho' à Zara. A ver se pelo caminho não vêm estas também... #suspiro

Eu e... Viajar (estar) sozinha!

Aqui há uns tempos escrevi no Facebook do blog que estava a fazer uma lista das #25 coisas a fazer antes dos 25. Tendo em conta que os 25 estão aí à porta (Julho), não serão grandes coisas. Mas a verdade é que sempre tive uma pseudo lista (mental) de coisas a fazer nos 20's, e tenho a sorte (e o mérito, claro) de já ter realizado boa parte delas - algo que me deixa muito feliz.

Uma das coisas que eu, ainda que meio secretamente, sempre quis fazer foi viajar sozinha. Não era fazer um interrail (no,no!!) nem nada do que envolva muita aventura física (se me faço entender) - sou mais pelas aventuras psicológicas (dito assim pareço uma maluquinha, mas pronto). Pois bem, esse momento chegou há quase três anos (na mesma altura em que criei o blog) quando escolhi fazer curso de Inglês de Negócios em Londres em vez da viagem de finalistas da faculdade.

Ok, não passei a viagem inteira sozinha (muito pelo contrário, fiz amigas para uma vida), mas fui sozinha, tive que 'me virar' sozinha em muuuita coisa, fiquei numa família anfitriã e tinha que ir-e-vir todos os dias sozinha (incluindo das festas ahah), visitei imensas coisas sozinha (cada bocadinho que tinha livre das aulas lá ia eu, nem que fosse só um pulinho ao Hyde Park). Conclusão - uma das melhores e mais marcantes experiências da minha vida (e da vida de quem conheço que já fez o mesmo), em todos os sentidos (académicos, psicológicos, culturais). Tanto que no ano a seguir repeti a experiência - em Paris!! <3



Isto tudo para partilhar um pensamento: Não há nada melhor que não ter medo (nem achar secante) estar sozinha. É muito bom estar com a família, com a alma-gémea, com os amigos - sim! Mas se há algo que não dispenso, nunca, é estar sozinha. E nem é preciso ir para tão longe (porque, infelizmente, nem todos têm possibilidades para), mas também nas pequenas coisas do dia-a-dia: Ter tempo para mim, para ler, para passear (quantas coisas não quero fazer e não tenho companhia? Vou deixar de fazer?! Claro que não), para aquele-tipo-de-coisas (arrumar a maquilhagem, fazer máscaras de hidratação, etc). Às vezes mete medo? Claro que sim, e muito! Quando cheguei a Londres a primeira coisa que fiz foi chorar (não nego!!), mas o balanço é MAIS QUE POSITIVO. #ficaadica

NEW IN: The Blazer

As maiúsculas não são em vão - finalmente encontrei 'O' blazer branco perfeito. É um verdadeiro desafio podem crer (já é o terceiro nos últimos anos), mas finalmente acertei em cheio - é exactamente como queria (modelo, material, tamanho), e ainda por cima baratinho! 

[Pull&Bear, à volta de €20 - em promoção de meia estação]

Baseball CAP!

Combinação perfeita: basebal cap + fur + bf jeans + loafers

Não é coincidência que Victoria (a minha musa do momento) tenha postado sobre baseball cap na semana passada - assim que vi o post lembrei-me deste boné (sou do povo, gosto da palavra boné!!), e não resisti a roubá-lo de vez ao meu respectivo. O namoro com esta peça não é de agora, mas só agora fez sentido.



B&G&Y

 

Sim, o mesmo: Cinza&Preto&Amarelo (ou qualquer derivado, como lima ou flúo). Em complemento - quando apetece - atiro uns acessórios dourados, e o relógio é sempre o mesmo (nem quero mais nenhum).

Entre o blazer (como é o caso) e o bomber é uma questão de inspiração - na verdade são os dois igualmente essenciais por aqui. E já reparam que estou de calças? #viciadanovamente

Shoes#2

Claramente sapatos andam em força na minha mente. Pena que a carteira não acompanhe o ritmo.


Será preciso escrever para a Zara a pedir que parem de criar modelos de calçado que tentam até a rapariga mais distraída (acho que todas que conheço se renderam aos sapatos desta estação da marca), e passe a concentrar-se um pouco na questão de.... huuu...... Roupa! Acho esta colecção gira, mas nada me chama a atenção (a ponto de comprar). Por um lado agradeço que assim seja, mas por outro... Ando há imenso tempo à procura da saia preta perfeita. E até agora? Pois, nada. (a saia das franjas deixou de ser opção, por isso aceitam-se sugestões)

Pigalle!

Post completamente randômico! (#sóparaavisar)

Se agora me desse na cabeça investir uma nota preta num par de sapatos, seria no modelo Pigalle de Louboutin. Bem sei que a febre pelo modelo não é de hoje, bem sei que Louboutin já está um pouco ultrapassado, mas clássicos são clássicos. E o clássico de eleição no momento é mesmo Pigalle, em preto e com salto médio, de preferência.

@ Columbine Smille

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...